Skip to content
19/07/2014 / Paulo Wainberg

A alma chora

Morre Ruben Alves

Requeiro com todo o respeito, mas intransigente, aos deuses da vida e da morte que mudem a direção de seus olhares.

Sim, deixem em paz os pensadores, os poetas, os escritores, os filósofos, os artistas e todos os que dedicam suas vidas a enriquecer a alegria, o prazer e o entendimento da humanidade.

Procurem, para satisfazer suas insaciáveis fomes, os bandidos, ladrões, assassinos, estupradores, corruptos, terroristas e todos os que dedicam suas vidas a acrescentar, minuto a minuto, tragédias à humanidade.

Quando morre alguém precioso a alma chora.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: