Skip to content
02/12/2016 / Paulo Wainberg

Biografia

Houve um tempo em que fui – declamou o poeta empilastrado de cachaça. E nesse tempo eu fui grande, fui imenso, fui tudo, fui deus, rei, juiz, tijoleiro e motorista de caminhão. E tudo o que fui era bom, era extasiante, era o máximo.

Depois o tempo me transformou – continuou o poeta, mais alçado na cachaça – ou eu me transformei, e tudo o que era bom ficou perdido no limbo da perda, da desilusão e da falsa eternidade em que acreditei, que nada mudaria e que tudo o que eu era seria para sempre.

Hoje nada sou – seguiu o poeta em sua ladainha, os olhos vermelhos e a língua enrolada pela cachaça – tudo perdi e me transformei num ser disforme, vivendo de migalhas de esperanças, em busca de sinais dos que já me esqueceram, curtindo cada frustração, cada mesmice, cada confirmação das perdas totais, enlouquecido por lembranças em noites solitárias retorcidas e embrenhadas em lençóis amarrotados e sujos, desejando e implorando para que, o que fui, pudesse voltar a ser.

É por isto que aqui estou – vociferou o poeta, com sua voz bêbada e seus poros transcendo à cachaça -para declarar que fui, não sou e nunca mais serei, pois nada mais quero ser, porque o que poderia ser me foi tirado mesmo que eu fosse o último homem vivo na Terra e que me resta o olvido, o silêncio da eternidade, o fim do amor e da paixão, o desalento e a morte pornográfica, a morte de quem morre de desejo, degradada e degradante, a morte insensível e cruel, registrada numa lápide de memórias inúteis como as de uma Hidra de sete cabeças, cada uma delas mais perversa do que a outra.

 

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: