Skip to content
16/11/2015 / Paulo Wainberg

COMENTÁRIO de uma amiga sobre UNHAS

Olá Paulo,

 

até então eu tinha me diverdido muito com seus contos, textos e crônicas. Agora fiz questão de comentar seu livro, pois considero isto um privilégio, uma vez que nem sempre podemos ter acesso ao autor. Obrigada por ter me fornecido o seu e-mail.

 

Bastante difícil analisar o conteúdo deste primeiro livro seu, que li. Como já falei, os contos e crônicas foram divertidos, alegres, críticos e até polêmicos, porém leves e gostosos.

 

Com Unhas foi diferente. Todo o psicopata me assusta, ainda mais uma mente criminosa  e maquiavélica. Esta combinação de sangue frio, meticulosidade e determinação é assustadora. Em alguns momentos eu tive medo do cara, a gente perde a noção do que ele seria capaz.

 

Não é o meu tipo de leitura preferida, não mesmo, prefiro ignorar as perversidades do mundo, mesmo sabendo que existem, tomando precauções para não correr riscos. Vivemos em um país onde a criminalidade é brutal e precisamos estar ‘sempre alerta’. Mas um psicopata é imprevisível, nasce em qualquer cultura, em qualquer sociedade. Ele surge, emerge e pronto, está criado. O que leva uma pessoa a agir como tal, buscando atingir um clímax mental de prazer? Eu não sei. Também não tenho técnicas de conhecimento que me permitam analisar ou  discutir estes monstros internos que dominam as pessoas.

Mas o que realmente me fascinou na história foi o constante cunho ético e religioso que acompanha o personagem em suas aventuras macabras.  Antagônicas são as comparações com entidades religiosas e seus representantes que usam e abusam da fé dos crentes e dos fiéis, desde que o mundo é mundo. (Fé dos fieis fica engraçado, como crença dos crentes, redunda demais.) Fica visível esta eterna manipulação das massas em nome da fé, do amor e sabe-se lá do que mais. Templos que em nome do bem praticam o mal, que curam uns e matam outros, que culpam e perdoam, que ousam explodir Paris, que agem e pregam sempre em nome de um Deus justo e ético.

 

Pois é, o cara era ético até com as suas vítimas. Ele faz um sorteio da próxima vítima, entre seus 5 amigos, para não ser desleal com nenhum. Quer coisa mais maluca que isto? Ele não escolhe, deixa a sorte escolher! Também fato de se afastar da família para colocar seu plano em ação foi uma atitude coerente, se não por amor, por respeito ou lealdade talvez. Da mesma forma que há sempre um cunho de ética e de obediência a relação a seus mandantes também. Só o namorado da ex-mulher é que  se deu mal, porque a vítima seria ele próprio. Era exigir demais!  Por um momento cheguei mesmo a pensar que ele fosse se matar, para não descumprir a ordem dada, (louco é louco!), mas não. O que falou mais alto foi o instinto de sobrevivência unido ao ódio pelo desacato de ousarem querer a mulher que lhe foi fiel e ainda o amava ( e a quem talvez ele a seu modo também amasse???) Quem vai entender uma mente dessas? É difícil analisar as razões de um psicopata. Impossível!!!

 

Talvez os capítulos dos Dez Mandamentos e do Estelionato Celestial tenham sido os mais interessantes para mim. Acho fascinante esta pesquisa em espiral, esta eterna análise de tudo o que a Biblia diz ou quer dizer, que vem sendo feita há anos e não leva ninguém a lugar nenhum. Adorei este capítulo! Narrativa irônica, satírica e divertida, que escancara a ‘filhadaputisse’ das religiões. (Existe este adjetivo ???)  Moisés foi um gênio de sua época, assim como Edir Macedo é hoje.  Cristo foi uma vítima ingênua, esta é minha opinião, mas isto foge do livro agora.

 

Resumindo,  o livro é forte, muito forte! O final é macabro, mas não poderia ser diferente…..

Era isto Paulo.

Abraços!

Rosa Saraiva

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: