Skip to content
11/08/2015 / Paulo Wainberg

Opinião

Finalmente a epifania definitiva aplastou-me. A revelação expô-se diante de mim com tamanha clareza que, após levantar do tombo, consegui entender no que se constitui o verdadeiro mal da humanidade: A Opinião.

Sim, ela mesma, a Opinião é causadora das desavenças, mal-entendidos, brigas, guerras, mortes, agressões, ofensas e tudo de mal que a humanidade pena e que, sem pena, a corrói, por dentro e por fora.

A Opinião é afronta, é contradita, é origem da ironia maldosa e do sarcasmo corrosivo, é a mãe do deboche, do pouco caso, do descaso, da ruptura, da voz elevada, do olhar atravessado, da falta de orgasmo e da brochada contundente.

É a Opinião que mobiliza indivíduos e multidões, põe em movimento ânsias recolhidas e descaminhos escancarados, enfrentamentos cruéis e desídias estampadas.

A Opinião afasta a razão, traduz o ódio, o ressentimento, o rancor e o ponto final da conversa. É geradora do porre furioso e do porre choroso, é a catalizadora da inexplicável culpa por estar vivo e da certeza de nunca estar vivendo certo.

Não houvesse a Opinião e a humanidade estaria em paz, os indivíduos estariam felizes, sim, felizes sempre e para sempre, sem nada a dizer sobre coisas e sobre os outros, auto-estimas em permanente ponto de equilíbrio, vozes suaves e nada de alaridos.

Imagino um Universo sem Opinião e vejo um Universo universal.

Fez-se a epifania no meu caso e, na minha opinião, fez-se muito bem feita.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: