Skip to content
24/06/2015 / Paulo Wainberg

O bom e o bom

Um bom homem jamais será um homem bom pois é incapaz de cometer uma maldade.

O bom homem não se compromete, não assume e não arrisca. Leva a vida perseguindo seu ideal de mediocridade, nem para mais nem para menos, cumpre as regras e não se envolve em transgressões.

O homem bom possui índole e caráter, seus sentimentos são fortes, é capaz de se indignar, reagir, investir, arriscar, perder e sofrer. Comete maldades em nome da sua bondade, é disponível e interessado em ajudar.

O homem bom faz a diferença, muda, transgride e cresce.

O bom homem deixa que os outros resolvam.

Aqui jaz um homem bom é um superlativo.

Aqui jaz um bom homem é uma constatação.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: