Skip to content
25/11/2014 / Paulo Wainberg

Fracasso humano

Durante toda minha vida, quiseram que eu fosse, igual, me trataram como igual, jamais compreenderam que eu sou diferente, jamais aceitaram minhas diferenças.

Durante toda minha vida estive em conflito com a exigência externa de ser igual, viver igual, sentir igual, e a minha exigência interna de ser diferente, viver diferente, sentir diferente.

Hoje sei que ser diferente não significa ser melhor do que ser igual, significa apenas ser diferente.

Lastimo minha falta de coragem de seguir meu sentimento original e passar a vida triste, insatisfeito e revoltado, tentando ser igual.

Resultado de tudo isto, hoje não sou igual nem diferente. Hoje sou nada.

Vivi uma vida inglória e chego ao fim da vida desprezando o que fui, o que não fui e o que não sou.

Assim definiu ele o seu fracasso humano.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: