Skip to content
16/08/2014 / Paulo Wainberg

Conspirar é teórico

Tenho a sensação de estarmos constantemente manipulados. Sobretudo nossas ideias e nossa linha de interesses.

Como se os donos do mundo, quando eventualmente suas ações correm risco de serem descobertas, tivessem planos de contingência para modificar o foco da atenção pública, criando fatos novos, desastres, tragédias que apagam o interesse anterior, tirando-os da situação de risco.

Isto ocorre em escala mundial e também em escala regional.

Por exemplo, ficou complicado explicar o avião da Malásia que desapareceu até hoje, derruba-se outro avião da Malásia com um míssel. Ficou complicado explicar quem lançou o míssel, Israel e palestinos entram em guerra. Ficou complicado explicar a guerra de Israel e palestinos, cristãos passam a ser perseguidos, mortos e expulsos do Iraque.

No Brasil, por exemplo, ficou difícil explicar o escândalo da CPI da Petrobrás, cai o avião de um presidenciável.

E assim por diante, ao longo dos tempos e todos os dias.

Ou estamos diante de uma extraordinária conspiração ou, no mínimo, diante de uma teoria barata.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: