Skip to content
18/11/2013 / Paulo Wainberg

Ideia para uma novela da Globo

Antonio Macedo de Meirelles, abastado homem de negócios ( Atenção produção, pode ser um senador), casado com  Lucinha Lamange Macedo de Meirelles. Ambos na meia idade, possuem duas filhas e um filho: Amanda, Letícia e Rafael. Amanda estuda em Paris, Letícia é a ovelha negra da família que frequenta o subúrbio e Rafael treina musculação e MMA.

A trama começa num almoço de família para celebrar a chegada de Amanda das férias da Sorbonne, onde estuda literatura francesa.

Amanda e Letícia nunca se deram bem e Rafael possui uma paixão incestuosa por Letícia e, por esta razão, vive brigando com ela.

Durante o almoço, Antonio Macedo de Meirelles está profundamente preocupado com uma investigação do Ministério Público sobre suas empresas, principalmente a fábrica de laticínios que, supostamente, teria recebido polpudos incentivos federais em troca de grandes contribuições para a campanha eleitoral.

Segue-se o diálogo (At./ roteiristas, o diálogo deve começar ameno e terminar numa agressiva briga de família, com Lucinha retirando-se, aos prantos, para o seu quarto. Não esquecer a fala de Rafael, acusando Letícia de ser lésbica e Letícia acusando Amanda de ser uma prostitua de luxo.).

Enquanto isto, no subúrbio, o açougueiro com sotaque italiano (atenção produção, recomendo Toni Ramos, o rei do sotaque) conversa com Alexandre, secretamente apaixonada por Gabriele, periguete de primeira, cuja maior ambição é casar com Geraldo, um rico herdeiro e playboy de Ipanema, namorado de Isaura, médica do Instituto do Coração cujo passado é misterioso porque teria sido vítima de abuso sexual de seu pai, Onofre Reinaldo Reis, magnata do jogo do bicho.

Por uma dessas coincidências da vida, Antônio Macedo contrata como contadora Elisângela, filha secreta do próprio Antônio Macedo que, quando jovem, mas já casado, apaixonou-se por Selena, dona de uma butique de camisetas descoladas em Copacabana.

Finalmente, num capítulo ardente, Rafael come sua irmã Letícia, depois de um porre homérico na boate Garfo’s onde se misturam os ricos e os suburbanos, onde Selena, por acaso encontra Antônio Macedo e o antigo amor renasce, apesar de ambos já estarem com mais de 70 anos.

No mesmo capítulo surge Gomercindo, delegado de polícia que descobriu o suicídio da Natália, operadora de telemarketing de uma poderosa empresa de telefonia celular cujo presidente e Fábio Alencar, que desconfiava que Natália estava transando com Haroldo, sobrinho de Antônio Macedo por parte de pai.

Lopes Lulu, mordomo da família Macedo de Meirelles e confidente de Juju, a linda cozinheira da família que está de olho em Rafael, enquanto namora José, mecânico da oficina de José Leite, um absoluto canalha cuja principal diversão é comer todas.

Dona Zizi, proprietária do bar Bagulho, histérica estereotipada, também foi fervorosa amante de Antonio de Meirelles, com quem tem um filho desconhecido do público porque é irrelevante para a novela.

No bar, diariamente, encontram-se Ferdinando, lixeiro concursado, e Elisberto, contador das empresas de Antonio de Meirelles e conhecedor de todas a falcatruas do patrão.

Dr. Custódio, advogado, sonha em adquirir as ações das empresas de Meirelles e arma um esquema diabólico para chantagear o chefe, ameaçando revelar para Lucinha que o marido possui vários filhos fora do casamento.

Gomercindo suspeita que Natália foi morta como queima de arquivo e concentra suas investigações sobre Sérgio Mota, dono de uma imobiliária na Avenida Rio Branco, no Centro do Rio de Janeiro, cujas paisagens são mostradas à revelia, sobretudo o Redentor e a Lagoa Rodrigo de Freitas onde, todas as manhãs, dezenas de atletas do remo treinam.

Mais tarde descobre-se que Sérgio Mota é, também, filho de Antônio de Macedo e, portanto, irmão de Josefa, enfermeira,com Francis Delano, cabeleireira brega e dona de um corpo monumental, embora o rosto fosse daqueles que não se encara.

No capítulo final tudo se esclarece e Josefina de Alencar e Luiz Borges casam numa cerimônia no campo e Josefina, que casou grávida, dá a luz a um lindo menino que o casal dá o nome de Neruda Pablo que, pensavam eles, era um extraordinário centroavante do Flamengo.

One Comment

Deixe um Comentário
  1. Jahadi Leal Porto / Jun 20 2015 12:22

    Adorei! Ficou mais comédia do que drama. Se bem que até hoje eu não sei definir drama de comédia. Toda da tragédia é cômica.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: