Skip to content
28/10/2013 / Paulo Wainberg

A horrível Vila Areia

Artigo
A horrível Vila Areia

Indignado com os aplausos dos habitantes da Vila Areia ao traficante preso após matar um brigadiano e ferir outros policiais? Claro que sim, eu também estou. Mas você sabe quem mora na Vila Areia? Mora o carroceiro que irrita você no trânsito, com seu cavalo e carroça carregada de sacos de lixo. Mora o menino que irrita você na sinaleira, pedindo moedas. Mora o cara que irrita você porque, sem pedir licença, vai esfregando um limpador de pára-brisas e um pano sujo no vidro do seu carro. Mora a mulher que, com uma filha no colo, irrita você na saída do restaurante, pedindo uma moeda pelo amor de Deus, às 11 da noite. Mora o flanelinha que irrita você ali na Praça da Matriz, quando você está indo ao Theatro São Pedro se divertir. Mora o traficante que irrita você vendendo crack, maconha e cocaína para os seus filhos.

Na Vila Areia, mora gente que não vai ao shopping, não assiste a debate literário, não freqüenta concerto da Ospa, jamais entrou num restaurante ou num automóvel (a não ser roubado), não é convidada para vernissages nem para festas de caridade nem assiste à pré-estréia do Homem-Aranha no cinema.

Na Vila Areia, mora gente que não tem, gente que não é, gente que não está. Você (e eu também) pode ficar horrorizado com tanta miséria e sujeira quando passa pela Vila Areia quando vai para a praia. Mas se o ar-condicionado de seu carro estiver funcionando bem e o som for bom, você (e eu também) passa ligeirinho por ali porque delícias do mar, das férias, das festas, dos churrascos, do vôlei de praia e do futebolzinho na areia estão aguardando, durante suas merecidas férias.

Na Vila Areia mora gente que não comemora o Natal, não vai à igreja para a Missa do Galo, não tem Papai Noel descendo pela chaminé nem brinquedo para as crianças. Ali moram pessoas que não festejam o réveillon, não brindam com champanha nem se desejam feliz ano novo, dias melhores, saúde e dinheiro no bolso. Nem comem peru com arroz à grega, farofa e lombinho de porco.

Na Vila Areia, moram crianças sem vacina, sem comida, sem estudo, quase sempre sem pai e muitas vezes sem mãe, que vagam nas noites da cidade, dormindo em vãos de edifícios e jamais tomaram um banho de chuveiro com xampu e sabonete perfumado.

Você acha horrível que tal amontoado de gente aplauda um traficante? Eu também acho. Mas o traficante é o único que cuida deles, é quem dá a eles uma sensação mínima de participar, de ser, de estar. O traficante é o que sabe, é o que estabelece a regra, é o que põe ordem na miséria, é o único amigo da Vila Areia, a única pessoa que se preocupa com essa gente que não tem absolutamente nada a agradecer a nós, a sociedade civil organizada.

Não damos bola para eles, eles só nos irritam, atrapalham, nos prejudicam, nos roubam, nos violentam, estupram nossas filhas, viciam nossos filhos, roubam nossos automóveis e invadem nossas residências.

Quem cuida deles? O traficante, o verdadeiro herói dessa sociedade degenerada, distorcida e que, literalmente contra tudo e contra todos, luta com indômita garra pela sobrevivência e pela existência, ainda que minimamente, humana.

Para os moradores da Vila Areia – e de tantas outras para as quais viramos as costas – , quando chega a polícia, está chegando a insegurança, o medo, o anti-herói.

Horrível, não é, que uma comunidade aplauda o bandido assassino que acabou de matar um bravo homem da lei, um soldado em plena função que, naquela manhã, saiu para trabalhar como se fosse qualquer outro dia de trabalho?

Horrível? Horrível é o Estado, essa entidade rica em honrarias e excelências, jantares, prêmios e regozijos, cobertor de luxo para a corrupção e a desídia, para o privilégio e para a inépcia.

Indignado, você? Eu também. Como é horrível essa Vila Areia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: