Skip to content
14/09/2013 / Paulo Wainberg

Uma auto-ajuda de verdade

Já passei muitos momentos em que o suicídio parecia ser a única solução. Ajudou-me sempre pensar que vou morrer de qualquer jeito, então para que antecipar?

Com maior ou menor dificuldade, sempre ultrapassei esses momentos e nunca me arrependi.

Porque momentos são exatamente isto que a palavra está dizendo: Momentos. Acredito que nossa condição humana é especialista em momentos e, assim como os momentos ruins acontecem, os bons também aparecem e, tanto uns quanto os outros, têm curta duração.

Você olha para todos os lados e as portas estão fechadas, não há saída. A tentação de sucumbir é grande. Porém, você sempre tem um recurso, único e de grande qualidade, que é desviar o olhar para dentro de você, olhar-se um pouco, avaliar-se e descobrir que há um sentido, um fim, um desejo a realizar, um sonho a buscar e após este simples ato de ver-se você desvia novamente o olhar e no mínimo uma porta antes trancada abriu-se e você pode passar por ela, ir adiante em busca de novo e melhor momento.

Melancolia, minha querida companheira de hoje, você não passa de um momento que ficará para trás tão logo eu cruze aquela porta que acabou de se abrir para mim, quem sabe não será aquela a estrada para uma grande aventura?

One Comment

Deixe um Comentário
  1. catherine carrieres rato / Set 14 2013 18:01

    A melancolia tão bem descrita no século XIX, desapareceu neste nosso século XXI. Permitamo-nos um pouco desta vivência.. sem ter a obrigação de ser feliz!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: