Skip to content
22/07/2013 / Paulo Wainberg

Tangente

Tangente em geometria é o que toca uma curva ou superfície sem cortá-la, limitando-se a um único ponto de contato.

Eu já sabia disto, mas fui consultar no google, para não ferir sentimentos de amigos matemáticos, geométricos ou trigonômetros porque em trigonometria a explicação é bem mais complexa e difícil de compreender em linguagem humana.

Tangente também se aplica às relações humanas, aquelas que teimam e se manter como um leve raspão, incapaz de ferir, sequer arranhar.

Por isto, no popular, costuma-se dizer que, quando alguém não está a fim de se envolver, sai pela tangente, escapa de lado, finge que não é com ele e vai em frente, tangenciando a vida como se ela fosse curva e estivesse por ali, por toda a eternidade e a qualquer momento disponível para uma verdadeira inserção.

Enganam-se os que assim agem pois não há eternidade disponível e tampouco disponibilidade eterna pois, como se diz também no vulgo, oportunidades não aproveitadas são oportunidades perdidas.

Digo isto não como uma mensagem explícita que possa fazer a cabeça de alguém, mas como um alerta definitivo para os que já têm a cabeça feita.

Quem puder aproveita, que não puder vai chorar no banheiro, triste e solitário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: