Skip to content
26/06/2013 / Paulo Wainberg

Viver dói.

– Eu queria fazer um samba – revelou o Poeta em noite inspirada.

– Mas não consegui, acabei fazendo um poema – continuou o Poeta, após mais um gole.

– Um poema sem tema é como o samba sem bamba – gritou o Poeta, subindo na cadeira.

– Meu samba não tinha coração, meu poema não tem poesia – espatifou-se o poeta, de cara no chão.

Diante da cena melancólica, sem samba, poesia ou dança, chamaram a ambulância para socorrer o Poeta em coma alcoólica.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: