Skip to content
28/05/2013 / Paulo Wainberg

Sou

Sou o advento da insignificância, o focinho da tomada, a agulha rombuda, a pedra quadrada, o livro não lido, o nariz do pardal, o sintoma do mal, o bicho do pé, a maçã estragada, o disco arranhado, o fim da picada, a falta de elegância, a micose do dedo, a unha encravada, o sapato sem sola, o goleiro sem bola, o crime sem mistério, a teia da aranha, a música perdida, o sol engolfado, a lágrima do jacaré, o arauto do medo, sem mais, sem menos, apenas um arremedo.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: