Skip to content
06/04/2013 / Paulo Wainberg

Entrevista

– O poeta deve ser uma pessoa doce?

– Não. Mas gostosa do jeito que você é, serei o doce que você quiser.

– O poeta deve amar o céu, as estrelas e os pássaros?

– Não. Mas com você deitadinha do meu lado, amarei até urubu.

– O poeta deve ter sentimentos elevados?

– Depende do que você deseja ver elevado.

– O poeta deve ser simples, romântico e tímido?

– Sim. Com você eu sou simplesmente um tímido romântico.

– A inspiração do poeta está na vida, na natureza?

– Sim, você é uma prova viva de que a natureza é bela.

– O amor, para o poeta é divino e sublime?

– Sim e não. Se você deixar eu por a mão nas suas coxas, sim.

– Ai, o senhor está me encabulando.

– E você fica linda quando encabula.

– A poesia é o alimento da alma do poeta?

– Se vier acompanhada de uma feijoada, sim.

– A felicidade, para o poeta, é encontrar as palavras certas para os sentimentos?

– Sim, minha linda, e para você estou procurando as palavras, ainda.

– O poeta vê o mundo com as cores do seu coração?

– Neste momento o poeta só tem olhos para você, minha tesão.

– Obrigada pela entrevista, qualquer coisa me chama.

– De nada. Ei, vamos para a cama?

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: