Saltar para o conteúdo
29/01/2013 / Paulo Wainberg

Causa e efeito

Os fatos da vida ocorrem devido a três motivos principais, segundo as diferentes formas de pensar: Fatalidade, vontade divina, causa e efeito.

Fatalidade é o fato que ocorre por acaso, sem nenhuma razão e impossível de prever ou detectar.

Vontade divina é o pensamento mágico que substitui a fatalidade, os fatos ocorrem porque Deus assim quis.

Causa e efeito é o fato decorrente de uma sucessão de fatos anteriores, também decorrentes de fatos anteriores e que geram o fato atual que, por sua vez será causa de fatos posteriores.

O materialismo histórico parte do princípio da causa e efeito e considera que  os fatos ocorridos não poderiam não ocorrer porque são o efeito necessário das causas anteriores.

A Ciência valeu-se da causa e efeito para entender o Universo e suas Leis o que aparentemente anula o fatalismo e a vontade divina como determinantes da ocorrência dos fatos.

Nada é por acaso, isto é, nada acontece sem uma causa anterior que o tenha originado.

Aparente paradoxo porque os fatos acontecem porque não poderiam não acontecer (fatalismo) e  podem decorrer da vontade divina.

Os acidentes acontecem devido à uma sucessão de fatos que conduzem ao desfecho fatal.

Os acidentes aéreos são assim, amores nascem assim, pessoas deixam de se conhecer assim.

Em Santa Maria foi assim.

Os que morreram e os que não morreram. Os que iam à festa e não foram. Os que não iam e foram. Os heróis suicidas que saíram do inferno e voltaram a ele. Os que morreram para salvar o outro, os que salvaram outros e não morreram.

A tragédia ocorrendo num único congelado momento, gerando fatos distintos devido a uma ou outra causa e nenhuma casualidade.

Não há sentido nem propósito na tragédia, apenas consequências.

Os culpados serão condenados por homicídio culposo porque agiram com imprudência, imperícia e negligência.

Nenhum governante será processado.

O porteiro que, no primeiro momento e sem saber do que acontecia, cumpria seu trabalho exigindo as comandas.

Os donos que agiram conforme os costumes achando o jeitinho  de driblar a Lei.

O Corpo de Bombeiros que foi incapaz de fazer cumprir a Lei.

A Brigada Militar que não proporcionou segurança devida.

Os cidadãos que não exigiram o cumprimento da Lei.

Cada um e todos.

Causa e efeito é assim: Viramos solidários e heróis quando ocorre um fato para o qual todos nós fomos a causa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: