Saltar para o conteúdo
21/01/2013 / Paulo Wainberg

Sexta pequena carta literária

Philip Roth, o grande escritor americano, anunciou que não escreverá mais, pois não consegue suportar a humilhação de ser escravo das palavras. Disse ele que a humilhação suprema é rasgar cinco páginas escritas, que isto se tornou insuportável para ele.

Duvido que ele pare. Para um escritor não há maior sofrimento do que não escrever. E humilhar-se diante das palavras é um ingrediente a mais, que compõe a enorme angústia de escrever.

O universo do escritor explode em todas as horas do dia, não há um segundo em que não se esteja escrevendo. Nem quando se dorme, nem quando se sonha, nem quando se ama.

Está lá esse grito terrível, que surge em lugares da mente que sequer suspeitamos existir, grito que é, quase sempre de urgência, desespero, medo e prazer.

O trabalho é árduo, humilhar-se realmente diante da frase, ofendê-la, brigar com ela e, depois apagá-la como resolvemos esquecer uma ofensa.

A dupla relação de ódio e amor é a constância do escritor, odiando o que escreve a amando esse ódio.

O isolamento imprescindível, mesmo que rodeado de pessoas, mesmo que o mundo real esteja ali, costurando sua teia opressora, faz do escritor um eterno culpado por, de certa forma, abandonar a vida, projetar sua libido para o próprio interior e por, aparentemente, desprezar o que não diz respeito ao que está escrevendo.

A tragédia do texto é o mal perpétuo do escritor, na luta perpétua de transformar em palavras sentimentos que desconhece ou mal conhece, fatos que sabe de ouvir falar e o esforço de não permitir (e nunca conseguir) que nele, o texto, não sejam revelados os estratagemas, os subterfúgios e os engôdos que estão à flor da consciência.

No final do texto, concluída a obra, resta-lhe a vergonha suprema de mentir, afirmando que este não sou eu, que isto não sou eu, que nada disto sou eu.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: