Saltar para o conteúdo
09/11/2012 / Paulo Wainberg

Reino das artes

O Reino das Artes é esfuziante, alegre, bem vestido e finamente decorado. Nele, poucos estão interessados na agonia do artista, no prazer de criar e na angústia de jamais estar satisfeito.

O Reino das Artes é o polo magnético que atrai o esteta para a Estética e os conceitos de feio e belo se dissolvem, muitas vezes o mais belo está no feio.

O Reino da Arte é o carrocel dourado onde crianças montam cavalos, serpentes marinhas, dragões, luas apocalípticas e planetas enviesados, tudo sob o olhar orgulhoso, aflito e medroso dos pais.

No Reino das Artes a imaginação é soberana, o estilo conta e a qualidade do coquetel dá a nota.

O Reino das Artes é, talvez, o único Reino fadado à eternidade, até que o fim de tudo aconteça.

One Comment

Deixe um Comentário
  1. susana Freitas / Nov 11 2012 2:48

    Captou amado mestre! A proposito estou te mandado meu poema” SERÁ ARTE?”
    Abraço!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: