Saltar para o conteúdo
13/04/2012 / Paulo Wainberg

Pecados capitais: Preguiça

Sabe aquele day off, semana passada, quando você resolveu não trabalhar? Pecou, meu caro e vai para o inferno sim senhor! Porque a Preguiça, o sétimo pecado capital, esta mesma que ronda voce quando tem que acordar, quando tem que sair de baixo das cobertas num dia gelado, leva no mínimo noventa por cento da humanidade ao castigo eterno.

Como você vai explicar ao padre de sua paróquia que estava tão bom, mas tão bom, ficar flutuando numa boia cor-de-rosa, nas águas macias da piscina, que você não foi estudar para a prova?

O grande problema dos pecados capitais é que eles não fazem concessão ao tempo e às prioridades. Você pode ficar se espreguiçando durante horas, rolando pra lá e pra cá e, depois, fazer o que tinha que fazer, sem que isto seja um pecado. Mas não, a regra é dura, inflexível e irrevogável, se espreguiçou? Pecou.

Assim, concluo essa série sobre os sete pecados capitais, dizendo que não acredito em pecados, acredito em qualidades e defeitos humanos. Não acredito que um ser humano possa decidir quem vai para o Céu ou quem vai para o Inferno, porque não tolero ditaduras e não acredito em Céu e Inferno.

E, finalmente, revelo aqui, em primeira mão e com exclusividade, que meus pecados capitais favoritos são a luxúria, a preguiça e a gula, exatamente nesta ordem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: