Skip to content
22/11/2011 / Paulo Wainberg

Longos Pensamentos Noturnos

Estas são as madrugadas que gosto.

Quatro e meia, todos dormem, a casa está quieta e a rua mais do que silenciosa, sob o murmúrio da fraca chuva que inicia.

Trabalhei até agora, no novo romance que apenas começou e ainda não sem para onde vai,

Hoje foi interessante, as duas horas cansei e resolvi dormir. Na cama, os novos personagens não calavam a boca e o cansaço se transformou numa  adrenalina eufórica, não consegui permanecer na cama e voltei para o computador.

Escrevi febrilmente durante horas e o notável é que não tenho a menor ideia do que escrevi.

Tremo só de pensar nos mil erros de digitação, concordância e gramática, como sempre acontece quando fico nessa onda, num barato total, parece uma viagem sideral.

Agora, aqui no blog, estou tentando acalmar os ânimos, a impressão é que  se aquietaram na minha cabeça, mas ainda tem ventania no meu cérebro, lufadas de um lado para o outro agitando tudo lá dentro.

Meu cinzeiro está repleto de cigarros não fumados. Não me lembro de ter acendido tantos, mas acho que sim, acendia, largava no cinzeiro e eles iam queimando sozinhos.

Se eu fumasse sempre assim, seria um fumante bi, quer dizer, ativo e passivo ao mesmo tempo.

Ideia boa para uma crônica: Fumante bi é o sujeito que acende o cigarro traga duas vezes e não fuma mais, larga o cigarro no cinzeiro e fica num ambiente de fumantes.

Mas agora não. Este cigarro estou fumando a valer, um dos raros cigarros conscientes do dia, um dos  que realmente dão prazer. O pior de tudo é que amanhã (hoje), excepcionalmente, tenho que estar acordado cedo, oito horas no máximo. E não tem jeito, vou ter que acordar, o que significa que tenho quase nada para dormir, se é que ainda conseguirei dormir.

Acho que meu destino é passar o dia com sonolência sonambólica. Me consola que não é a primeira vez que acontece. É raro, mas acontece.

Para situações assim desenvolvi um truque: Finjo que dormi. O problema desse truque é que ele não funciona.

Hélàs!, como diz um francês por qualquer coisa, só me resta ler tudo o que escrevi, deletar mais da metade e, depois, ir trabalhar

2 comentários

Deixe um Comentário
  1. liana / Nov 22 2011 21:00

    Paulinho sugiro combinares com estes personagens da tua cabeça,que se acomodem durante a madrugada ,para que possas dormir e acordar cedo.Eles poderao se tumultuarem no sabado de tarde,ou domingo.Que tal? bjs Liana

    Gostar

    • Paulo Wainberg / Nov 22 2011 23:50

      É uma boa idéia, Liana. O problema é que eu não mando neles, eles é que mandam em mim.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: